5 Tendências para lançamentos imobiliários em 2019

As tendências para lançamentos em 2019 demandam empreendimentos mais inteligentes e que ofereçam melhores experiências aos clientes. Conheça  algumas!

Mesmo nos períodos em que a economia passou por um período de retração, as tendências para lançamentos imobiliários no Brasil seguem apontando para o conforto de moradias modernas e alinhadas com a proposta de oferecer soluções baseadas em demandas sustentáveis.

Esses novos empreendimentos devem atender a um público exigente e que busca por soluções diferenciadas em projetos residenciais e o mercado de lançamentos deve acompanhar estas tendências, oferecendo stands com as mesmas características que os projetos definitivos.

Confira neste artigo 5 tendências que deverão estar presentes em vários empreendimentos residenciais e comerciais no próximo ano.

1. Maior utilização de automação e preparos para internet das coisas

A internet das coisas, nome dados a rede de objetos e utensílios interligados por conexões com a rede sendo capaz de coletar e transmitir dados, deve desembarcar de vez nos novos empreendimentos imobiliários.

É claro que ainda não é tão acessível do ponto de vista econômico e talvez você não julgue necessárias a maioria das novas tecnologias como uma geladeira que aponta o vencimento de alimentos ou um jogo de luz que se adapta ao seu humor, mas as empresas incorporadoras precisam preparar os seus projetos para receber estas instalações.

A qualidade da internet é fundamental para receber esta tecnologia e dispor de fibra ótica e de áreas de serviço, onde dutos e conexões possam ser acessados com facilidade, de maneira que instalações e manutenções possam ser realizadas.

2. Adoção de realidade aumentada nas campanhas

A realidade aumentada não é nenhuma novidade no mercado imobiliário. Já está aí há um bom tempo e foi adotada por várias empresas do mercado.

A diferença é que a realidade aumentada com a tecnologia atual apresenta mais vantagens e mais realismo para compradores e também  melhores argumentos para quem está vendendo.

Os programas de realidade aumentada permitem inserir decoração em ambientes, aplicar cores em paredes e tudo isso sem a necessidade de inúmeras visitas ao stand.

Uma campanha de marketing bem elaborada, com atributos de realidade aumentada aplicada é capaz de fazer com o que o cliente se veja em seu futuro endereço e isso, convenhamos, é o que o mercado de lançamentos busca desde sempre.

3. Empreendimentos Sustentáveis

Cada vez mais as pessoas estão preocupadas com o impacto que sua passagem pela terra produz no meio ambiente e a construção civil é um dos setores mais impactantes, produtor de toneladas de resíduo.

De olho nisso, as construtoras deverão não só impactar menos o meio ambiente, mas oferecer soluções sustentáveis e limpas como o reaproveitamento de água de chuva, pisos permeáveis, captação de energia solar ou a capacidade de separação de lixo.

Não bastarão soluções simples ou nominais. O cliente quer ter orgulho de seu imóvel e saber que ele está contribuindo para um mundo melhor e isto deverá ser visto nos stands e projetos de lançamentos imobiliários.  

4. Foco na experiência do cliente

Stands de vendas que oferecem o velho roteiro de apresentação do produto com maquetes e outros recursos já não bastam.

É preciso conceber um ponto de venda que ofereça experiências positivas para os clientes. E esta experiência precisa ser ligada a proposta do empreendimento como por exemplo, uma estação saúde em um condomínio cheio de itens de lazer.

O novo stand de vendas não precisa ser necessariamente um local onde as pessoas vão para comprar ou conhecer, mas um local onde seja possível ter contato com experiências que proporcionem lembrança a respeito da marca ou do próprio lançamento.

5. Projetos mais inteligentes e compactos

Os núcleos familiares mudaram com o passar dos anos. Das famílias grandes e numerosas que se reuniam finais de semana, mudamos para pequenos grupos ou até mesmo para aqueles que preferem viver sozinhos, em locais próximos ao trabalho ou em regiões com melhores infraestrutura.

O mercado imobiliário precisa atender esta tendência, oferecendo não só projetos mais compactos mas principalmente mais inteligentes, onde o projeto seja bem aproveitado e exista a possibilidade de espaços compartilhados entre os moradores como lavanderias e espaços para bikes por exemplo.

“Ah mas isso já não é mais tendência! Já é uma realidade!” Verdade, já não é comum encontrar este tipo de projeto em lançamentos de médio e alto padrão, a tendência agora é que empreendimentos populares também atendam a estas características e isso sim, é um desafio para construtoras e incorporadoras.

 

Acredita em mais alguma tendência para os lançamentos imobiliários no ano que vem? Comente logo abaixo.

Até a próxima

Denis Levati

Deixe uma resposta